Nossas modalidades

Junte-se à nossa a escola

baby.jpg

Baby Class

Uma atividade como a dança que desenvolve a mente e o corpo, pode trazer inúmeros benefícios na infância, uma vez que nessa fase toda estimulação para as crianças é bem-vinda.

O Baby Class, recebe crianças de 2 anos e meio aos 6 anos de idade, contudo, as diversas fases do desenvolvimento devem ser respeitadas.

Esse é o primeiro contato da criança com o Ballet Clássico. Na metodologia da Corpore a criança aprende sobre o ballet através dos ballets de repertório, ondes as histórias são contadas com as pantomimas (mímicas) construindo a memória física, o gosto pela música clássica, a identidade individual e o convívio social.

É a aula do encantamento, onde a dança é descoberta de uma maneira lúdica, afetiva e com muita diversão!

Confira nossos horários:

Baby Class I - (02 e 03 anos)
Segunda e quarta - 10:00h - prof. Tia Tayná
Terça e quinta - 17:30h - prof. Tia Tayná
Sexta - 9:00h - prof. Tia Tayná
Terça e quinta - 9:00h - Tia Tayná
Segunda e quarta - 16:30h Tia Tayná

 

Baby Class II - (04 e 05 anos)
Segunda e quarta - 9:00h - Tia Tayná
Terça e quinta - 17:30h - Tia Tayná

Baby Class III - (05 e 06 anos)
Segunda e quarta - 17:30h - Tia Tayná
Segunda e quarta - 17:00h - Tia Fernanda
Terça e quinta - 09:00h - Tia Fernanda

Ballet Infantil.jpg

Ballet Infantil

Tem coisa melhor do que ser criança e poder descobrir o mundo ao seu redor? Onde tudo ´´e novo: movimentos , lugares, cores e sons.

Por isso a importância de estimulá-las desde cedo a praticar atividade física, de preferência as lúdicas que complementam oo desenvolvimento motor e psicológico na primeira infância.

O ballet é uma ótima opção, uma vez que é uma atividade que estimula não só a parte mental e física, bem como a socialização delas.
Isso porque trabalha: flexibilidade, equilíbrio, resistência corporal, reflexos, coordenação motora e as descobertas das extensões do seu corpo. Além das questões motoras, a prática da dança ajuda a garantir musicalidade, noções de responsabilidade e disciplina.
Dessa maneira ajuda a formar adultos criativos artisticamente, preparados para lidar com as experiências da nossa sociedade.

Tem coisa melhor do que ser criança e poder descobrir o mundo ao seu redor? Onde tudo ´´e novo: movimentos , lugares, cores e sons.

Por isso a importância de estimulá-las desde cedo a praticar atividade física, de preferência as lúdicas que complementam oo desenvolvimento motor e psicológico na primeira infância.

Confira nossos horários:

Preparatório - (06 a 08 anos)
Segunda e quarta - 09:30h - Tia Fernanda
Segunda e quarta - 18:00h - Tia Fernanda

 

1º Ano - (08 e 09 anos)
Segunda e quarta - 08:30h - Tia Fernanda

 

2º Ano - (09 e 12 anos)
Segunda e quarta - 19:00h - Tia Fernanda

Ballet Adulto.jpg

Ballet Clássico

Você se acha velho demais para fazer aulas de ballet?Pois saiba que a dança traz inúmeros benefícios para o corpo e a mente independente da idade.Fisicamente falando, a prática proporciona melhora no condicionamento físico, equilíbrio, coordenação motora; melhora a postura, força muscular, mobilidade funcional, velocidade e consciência corporal.Sob o aspecto psicólogo, os resultados também são valiosos! Atua na memória, nas funções executivas, na psicomotricidade, melhora o humor, o rendimento cognitivo, auxilia no processo de socialização.Por fim, vale lembrar que o ballet é dança, arte e alegria! O que você está esperando para colocar suas sapatilhas e experimentar uma aula?

Confira nossos horários:

3º Ano - (12 a 14 anos)
Terça e quinta - 18:00h - Brisa

Adulto Iniciante 
Segunda e quarta - 18:30h - Brisa

Adulto Intermediário
Terça - 15:30h e Sexta - 18:00h

Ballet Contemporâneo.jpg

Ballet Contemporâneo

O ballet contemporâneo é uma forma de dança influenciada pelo ballet clássico e pela dança moderna. Utiliza a técnica e o trabalho nas pontas dos pés vindos do ballet clássico. Este tipo de dança permite uma maior amplitude de movimentos que não são comuns nas escolas tradicionais de ballet. Muitos de seus conceitos vêm de ideias e inovações ocorridas na dança moderna do século XX.

O ballet contemporâneo liberta o bailarino da rigidez extrema do ballet clássico. Não são mais necessários os joelhos sempre esticados, as pontas perfeitas ou o uso de sapatilha de ponta. Além de que o chão, aqui, passa a ser utilizado como parte da dança, como objeto cênico.

Além de divertida, a prática desenvolve a coordenação motora, ajuda a deixar o corpo flexível, mais forte e ereto.

Principais benefícios:

  • Aumenta a força muscular sem encurtar os músculos;

  • Desenvolve coordenação motora e disciplina;

  • Melhora o equilíbrio e favorece o alinhamento postural.

Burlesque.jpg

Burlesque

Poucas coisas são tão libertadoras e deixam as pessoas mais autoconfiantes que se conhecer.

O Burlesque é a libertação do poder feminino. Com performances mais teatralizadas permite que a mulher expresse sua sensualidade da maneira como desejar, respeitando seu estilo próprio, seja ele mais sensual, mais tímido ou mais cômico.

Essa modalidade eleva não só a autoestima, mas permite que as mulheres se conheçam e tenham total liberdade para se expressarem.

Além disso, trabalha a flexibilidade, a consciência corporal, a coordenação motora e a musicalidade de um jeitinho bem suave e sensual, para que todas as mulheres descubram as grandes gostosas que são, principalmente de dentro para fora!

 

Dança Cigana.jpg

Dança Cigana

A Dança não é encarada como um ofício pelos Ciganos. Há uma antiga lenda que diz que os Ciganos dançam desde o útero materno, nascem realizando uma coreografia própria de quem tem sangue cigano nas veias. Além de sua forma sedutora, está carregada de simbolismo. A liberdade, descontração e improvisação concedida pela Dança, pelo momento e sentimento que estiver passando a dançarina, faz com que ela transmita uma poderosa energia no momento de interpretação. A dança e a música cigana traz influência dos diversos países por onde os ciganos já passaram como Índia, Egito, Rússia, Hungria, Sérvia, Espanha, dentre outros.
Esse povo canta e dança tanto na alegria como na tristeza, pois para o cigano a vida é uma festa e a natureza que o rodeia a mais bela e generosa anfitriã. Pode ser praticada por homens e mulheres e não há restrição quanto à idade ou tipo físico.
A Dança Cigana é um convite para conhecer a si mesmo, é um resgate do ser maravilhoso que existe dentro de cada um de nós. É um convite ao AMOR.
Seus benefícios são:
Melhora a auto-estima, flexibilidade física e mental, trabalha a feminilidade, estimula o trabalho das funções psicomotoras, desenvolve expressividade corporal e dramatização.
Os Ciganos são uma etnia, um povo com cultura e dialetos próprios. Sua origem ainda é envolta de mistério. Pois, por possuírem uma cultura ágrafa, ou seja, transmitida oralmente de geração para geração, não nos deixam registros precisos. Sensibilidade e habilidades artesanais são pontos fortes desse povo, que utiliza a música e a dança para expressar suas paixões, suas dores e seus sonhos desde os tempos antigos. Onde quer que estejam os ciganos são logo reconhecidos por suas roupas e ornamentos, e principalmente por seus hábitos ruidosos. São um povo cheio de energia e grande dose de personalidade. São tão peculiares dentro do seu próprio código de ética; honra e justiça; senso, sentido e sentimento de liberdade que contagiam e incomodam qualquer sistema. O mais importante para o Povo Cigano é interagir com a Mãe Natureza respeitando seus ciclos naturais e sua força geradora e provedora. Por isso mesmo, aqueles que assistem a apresentações de dança cigana podem perceber e facilmente ficar encantados com a riqueza dos detalhes encontrados nos trajes, nos adereços e nos movimentos corporais, que saúdam, invocam e fazem fluir toda a energia e vibração do povo cigano. No que se refere a família, a criança é um dos seus maiores orgulhos e adorada por toda raça. Assim como é muito forte o respeito aos mais velhos, seus verdadeiros tesouros, sinônimo de sabedoria e preservação da cultura. Apesar da grande maioria se adaptar a religião local, muitos são devotos a Santa Sarah Kali a padroeira dos ciganos no mundo inteiro. O lema mais conhecido dos ciganos é: “O Céu é meu teto, a terra é minha pátria e a liberdade é a minha religião”.
Por: Mhelani Souza
Metodologia de ensino:
As aulas são práticas e teóricas. As alunas aprendem sobre a cultura cigana de diversos países, movimentações básica, intermediária e avançada de cada um, acessórios como xales, leque, pandeiro etc, sequências, musicalidade e principalmente a improvisação.

Dança do Ventre.jpg

Dança do Ventre

Para a mulher a dança do ventre traz inúmeros benefícios, tanto do ponto de vista físico e psicológico. Podemos citar alguns pontos mais visíveis e importantes:

FÍSICO

    Uma aula de dança do ventre propicia a queima  de muitas calorias, auxiliando no processo de emagrecimento;
    Tonifica e enrijece a musculatura do abdômen, pernas, braços, costas e glúteos;
    Aumenta e ativa a circulação sanguínea;
    Trabalha as articulações, melhorando seu condicionamento;
    Proporciona a reeducação postural;
    Aumenta a flexibilidade e resistência física;
    Desenvolve a coordenação motora e melhora o eixo de equilíbrio;

PSICOLÓGICO

    Desenvolvimento imediato da auto-estima: a mulher passa a observar e perceber que tem diversas qualidades que talvez nunca tenham sido trabalhadas;
    Aflora a feminilidade tornando-a mais sensual, sem resquícios de vulgaridade;
    Promove na mulher a aceitação de si mesma como ser encantador, diferenciado e belo;
    Desenvolve a agilidade mental, concentração e atenção tanto na música quanto nos movimentos.
    Estimula a criatividade;
    Através de seqüências e laboratórios/dinâmicas trabalhamos a percepção sensorial. Isso cria uma sensibilização na mulher, de forma que sua leitura musical é decodificada através de movimentos precisos e que a colocam em contato com seu interior, suas próprias emoções;
    Desta mesma forma, a timidez que muitas vezes atrapalha o processo de aprendizado é trabalhada aos poucos, possibilitando melhoria nos relacionamentos;
    Alivia o stress do dia-a-dia através do contato de grupo pela troca de experiências e informações, o que desenvolve a capacidade de sublimar os desafios;

O prazer com a dança é algo que se adquire no dia-a-dia. Com o decorrer do tempo chega-se à conclusão que é um prazer para a vida toda.

Toda mulher deveria marcar um encontro consigo mesma. Seja através da dança ou qualquer outra manifestação artística.

A dança do ventre nos possibilita vislumbrar um mundo completamente diferente daquele conhecido pelas mulheres ocidentais.

Toda mulher tem seus predicados. Descubra quais são os seus e perceba que existem muitos mais!

 

Por Débora Sabongi

 

29.JPG

Fit Dance

Utilizando uma proposta inclusiva, o FITDANCE trabalha com movimentos coreográficos modernos e de fácil assimilação, proporcionando ao praticante dançar como nunca imaginou. A aula consiste em movimentos variados, ao som de diversos estilos musicais.O FITDANCE propõe uma unidade em suas coreografias, sempre usando movimentos didáticos, mas ao mesmo tempo diversificados, com o objetivo de promover o aprendizado e a evolução do praticante. Unir pessoas ao redor do mundo por meio da dança, levar felicidade, saúde mental e transformação social.

hip hop.jpg

Hip-Hop

Hip hop é uma cultura artística que começou na década de 1970 nas áreas centrais de comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas da cidade de Nova Iorque. A tradução literal desta expressão é “balançar os quadris”.

Clive Campbell ou DJ Kool Herc é conhecido como o fundador dessa cultura, e a sua irmã (Cindy Campbell) é por muitos considerada como a Primeira Dama do hip hop.

No entanto, a designação “hip hop” é da autoria de Afrika Bambaataa. O primeiro evento da história do hip hop ocorreu no dia 11 de Agosto de 1973, em uma festa no nº 1520 da Sedgwick Avenue, no Bronx (Nova Iorque).

O hip hop tem quatro elementos principais: o rap, o DJing, o breaking (pratica-do pelos b-boys e b-girls) e a arte do grafite.

 

Quando o hip hop surgiu, concentrava-se nos disc jockeys que criavam batidas rítmicas, eram pequenos trechos de música com ênfase em repetições, posteriormente, foi acompanhada pelo rap, identificado como um estilo musical de ritmo e poesia, junto com as danças improvisadas, como a breakdance, o popping e o locking.

 

O hip hop tem um estilo de vestir muito característico e origem afro-americana, caribenha e latina. Atualmente as roupas são largas, no entanto, nas suas ori-gens eram mais justas, pois facilitavam os movimentos de dança.