Dança Cigana

Dança Cigana.jpg

 

A Dança não é encarada como um ofício pelos Ciganos. Há uma antiga lenda que diz que os Ciganos dançam desde o útero materno, nascem realizando uma coreografia própria de quem tem sangue cigano nas veias. Além de sua forma sedutora, está carregada de simbolismo. A liberdade, descontração e improvisação concedida pela Dança, pelo momento e sentimento que estiver passando a dançarina, faz com que ela transmita uma poderosa energia no momento de interpretação. A dança e a música cigana traz influência dos diversos países por onde os ciganos já passaram como Índia, Egito, Rússia, Hungria, Sérvia, Espanha, dentre outros.

 

Esse povo canta e dança tanto na alegria como na tristeza, pois para o cigano a vida é uma festa e a natureza que o rodeia a mais bela e generosa anfitriã. Pode ser praticada por homens e mulheres e não há restrição quanto à idade ou tipo físico.

 

A Dança Cigana é um convite para conhecer a si mesmo, é um resgate do ser maravilhoso que existe dentro de cada um de nós. É um convite ao AMOR.

 

Seus benefícios são:

Melhora a auto-estima, flexibilidade física e mental, trabalha a feminilidade, estimula o trabalho das funções psicomotoras, desenvolve expressividade corporal e dramatização.

 

Os Ciganos são uma etnia, um povo com cultura e dialetos próprios. Sua origem ainda é envolta de mistério. Pois, por possuírem uma cultura ágrafa, ou seja, transmitida oralmente de geração para geração, não nos deixam registros precisos. Sensibilidade e habilidades artesanais são pontos fortes desse povo, que utiliza a música e a dança para expressar suas paixões, suas dores e seus sonhos desde os tempos antigos. Onde quer que estejam os ciganos são logo reconhecidos por suas roupas e ornamentos, e principalmente por seus hábitos ruidosos. São um povo cheio de energia e grande dose de personalidade. São tão peculiares dentro do seu próprio código de ética; honra e justiça; senso, sentido e sentimento de liberdade que contagiam e incomodam qualquer sistema.

 

O mais importante para o Povo Cigano é interagir com a Mãe Natureza respeitando seus ciclos naturais e sua força geradora e provedora. Por isso mesmo, aqueles que assistem a apresentações de dança cigana podem perceber e facilmente ficar encantados com a riqueza dos detalhes encontrados nos trajes, nos adereços e nos movimentos corporais, que saúdam, invocam e fazem fluir toda a energia e vibração do povo cigano. No que se refere a família, a criança é um dos seus maiores orgulhos e adorada por toda raça. Assim como é muito forte o respeito aos mais velhos, seus verdadeiros tesouros, sinônimo de sabedoria e preservação da cultura. Apesar da grande maioria se adaptar a religião local, muitos são devotos a Santa Sarah Kali a padroeira dos ciganos no mundo inteiro. O lema mais conhecido dos ciganos é: “O Céu é meu teto, a terra é minha pátria e a liberdade é a minha religião”.

Por: Mhelani Souza

 

Metodologia de ensino:

As aulas são práticas e teóricas. As alunas aprendem sobre a cultura cigana de diversos países, movimentações básica, intermediária e avançada de cada um, acessórios como xales, leque, pandeiro etc, sequências, musicalidade e principalmente a improvisação.